O 2018 do atleta Kauan Day Furtado

O acadêmico de Engenharia Civil da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac) e atleta de BMX (bicicross), Kauan Day Furtado, de 25 anos, representa Lages e a universidade nas competições que participa. Atualmente, ele está em segundo lugar no Ranking Catarinense da modalidade.

Em 2018 ele participou de competições importantes, entre elas a Copa Internacional de BMX, onde ficou entre os 16 melhores, indo até a semifinal; os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), Campeonato Catarinense e Copa Brasil de BMX.

“Meu ano foi bom, apesar de eu ter vindo de uma lesão no cotovelo, eu consegui ter um resultado bom. Em algumas corridas eu tive azar, como, por exemplo, no Brasileiro, em que eu já estava classificado, mas numa disputa em uma curva, o competidor que estava atrás de mim me derrubou e eu não fui para a final. Mas, em relação ao Campeonato Catarinense, consegui ser vice-campeão. E nas etapas da Copa Brasil, mesmo não comparecendo em algumas, eu consegui um sétimo lugar no ranking geral do Brasileiro. Na somatória de pontos eu estou entre os oito”, conta Furtado.

Furtado e aluno e bolsista da Uniplac e conta com o apoio por meio do programa ‘Bolsa Atleta’ da Fundação Municipal de Esportes (FME) e esse recurso foi importante para o ano do esportista.

“A bolsa atleta na Uniplac me ajudou muito porque eu estava com a faculdade trancada há um ano e meio, então eu pude retomar o curso. Além disso, me ajudou também em relação aos custos. Sobra um pouco mais de dinheiro e então eu posso investir mais no esporte, consigo custear viagens, hospedagens, entre outros, mesmo porque esse esporte não é tão profissionalizado como são outros. Então a bolsa foi ótima por conta disso”, explica o atleta.

Projetando 2019

Assim como foi em 2018, Furtado espera participar de muitas competições, mas almejando coisas maiores.

“Para o ano que vem eu espero conseguir participar de todas as etapas da Copa Brasil, participar do Brasileiro e tentar ficar entre os três primeiros no ranking geral, que é o foco do ano que vem. Além de tentar ir para a final no Brasileiro, que se eu conseguir será inédito para mim”, diz ele.

A intenção dele é usar as férias da faculdade para treinar forte, pois é quando sobra mais tempo.

“Para o ano que vem quero buscar mais treinamento para conquistar bons resultados, dentre outras competições, pretendo focar no Jasc. Esse ano não fui para a final no Jasc, fiquei na semifinal, mas pretendo focar nessa competição no ano que vem e tentar trazer uma medalha para Lages, porque agora, sem lesão, o ritmo está bom e é importante manter isso em 2019”, finaliza. 

 

Texto e Foto: Gabriela Sassi/ Central de Notícias Uniplac (CNU).

Fone: 55 49 32511022
Av. Castelo Branco, nº170, Bairro Universitário - Lages - SC - Brasil
© 2019 - Universidade do Planalto Catarinense, desenvolvido por: Núcleo de Informática