Projetos de Pesquisa

Linha 1- Ambiente, Sociedade e Saúde

Cuidado Ecológico na Assistência à Saúde

O objetivo deste macro projeto é investigar como as práticas dos profissionais têm contribuindo para a assistência efetiva e segura e como os ambientes podem ser melhorados para propiciar um cuidado integral, garantindo segurança e bem estar de pacientes e profissionais de saúde. Neste projeto estão envolvidos quatro graduando e três mestrandos do PPGAS.

Coordenadora: Dra. Anelise Viapiana Masiero.

Financiamento: Fapesc n. 09/2015.

 

Desafios e novas perspectivas de cuidado às pessoas com doenças crônicas na Atenção Primária em Saúde


O objetivo deste projeto é compreender os desafios e identificar novas perspectivas de cuidado às pessoas com doenças crônicas na atenção primária em saúde. Além de avaliar a adesão ao tratamento medicamentoso e comportamental pessoas com de HAS e/ou DM em duas comunidades da cidade de Lages; identificar os conhecimentos e a atuação dos agentes comunitários de saúde na realização de ações de prevenção de doenças crônicas em adultos durante as visitas domiciliares; compreender a contribuição de um grupo de educação em saúde como estratégia para o fortalecimento da atuação dos agentes comunitários de saúde na prevenção de doenças crônicas em adultos; conhecer a percepção e atuação do enfermeiro acerca do trabalho com agentes comunitários de saúde da Estratégia de Saúde da Família de um município da serra catarinense. Neste projeto estão envolvidos cerca de quatro mestrandos, dois graduandos e seis alunos da Residência Multiprofissional em Saúde da Família.

Coordenadora: Dra. Juliana Cristina Lessmann Reckziegel.

Financiamento: Fapesc Edital 09/2015

 

Ambiente, Saúde e Bem-estar no Trabalho

O objetivo da pesquisa é investigar possíveis relações entre o ambiente, a organização do trabalho, o bem-estar e a saúde do trabalhador. Especificamente pretende-se investigar aspectos que envolvem a facilitação do trabalho na família; a atenção integral à saúde do trabalhador em termos de prevenção, promoção, assistência, vigilância e reabilitação; os indicadores e repercussões do ambiente e do trabalho sobre a saúde, no que diz respeito a cargas, riscos, estressores psicossociais e assédio; o engajamento, a motivação, o prazer e o bem-estar no trabalho; as políticas públicas e a legislação sobre a saúde do trabalhador.

Coordenadora: Dra. Lilia Aparecida Casagrande de Oliveira.

 

Ambiente, Saúde e Estilos de vida

Este macro projeto tem por objetivo investigar por meio de abordagem interdisciplinar o ambiente, estilos de vida e suas consequências sobre a saúde das populações. Dentre os subprojetos desenvolvidos destacam-se os seguintes temas: Hábitos alimentares e indicadores de saúde. Saúde e estética: transtornos alimentares e da imagem corporal. Aspectos relacionados ao abuso de substâncias psicoativas. Determinação da morbimortalidade por doenças crônico-degenerativas e por causas externas Neste macro projeto, desenvolvem-se 7 subprojetos vinculados as dissertações de mestrado da Turma de 2013 e 2014.

Coordenadora: Dra. Anelise Viapiana Masiero.

 

Saúde e Educação: Um Estudo de caso sobre a implantação do Programa Saúde na Escola (PSE)

O Programa Saúde na Escola visa promover atenção integral à saúde de crianças, adolescentes e jovens do ensino público por meio de ações de prevenção, promoção, atenção e formação. Nesse sentido, o PSE passa a se configurar como estratégia de integração de saúde e educação para o desenvolvimento da cidadania. Objetivo geral: Conhecer os encaminhamentos para a inclusão de temas relacionados ao PSE no projeto político pedagógico da escola.

Coordenadora: Dra. Marina Patricio de Arruda.

 

Universidade e Serviços de Saúde - Ampliando Possibilidades para a Educação Permanente nas Unidades de Saúde da Família, Lages-SC

O referido estudo teve por objetivo contribuir na ampliação do processo de Educação Permanente em Saúde (EPS) considerando dificuldades e facilidades presentes no cotidiano desses profissionais. Essa investigação desenvolvida entre 2013 e 2014 contou com o apoio dos residentes do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família nestes respectivos anos e teve como público-alvo de pesquisa 26 profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) inseridos nas Unidades Básicas de Saúde(UBS) da cidade de Lages SC.

Coordenadora: Dra. Marina Patricio de Arruda.

Financiamento: Fapesc.

 



Linha 2: Condições da Vida e Manejo Ambiental

Ambientalização e Sustentabilidade na Educação Superior: Subsídio às Políticas Institucionais em Santa Catarina

Este projeto tem como objetivo geral contribuir com as Políticas de ambientalização e sustentabilidade na Educação Superior em Santa Catarina, identificando indícios, elaborando subsídios e estratégias aplicáveis ao ensino, pesquisa, extensão e gestão ambiental nas Instituições de Educação Superior (IES). A pesquisa será desenvolvida de forma concomitante por equipes de pesquisadores (as) de oito Instituições de Educação Superior (IES), uma pública e sete comunitárias, localizadas em cinco mesorregiões de Santa Catarina.

Coordenação Institucional: Prof. Dra. Lucia Ceccato de Lima.

Financiamento: FAPESC Nº 01/2014/Universal.

 

Projeto Educação Ambiental (M5c1) -  Rede Guarani Serra Geral Educação Ambiental

É um projeto interinstitucional e interdisciplinar que congrega cientistas, pesquisadores, educadores ambientais, universidades, fundações, agências governamentais nacionais e entidades internacionais, tendo como área de abrangência a Região Sul do Brasil. Objetiva produzir conhecimento compartilhado sobre gestão sustentável de águas superficiais e subterrâneas bem como a elaboração de uma proposta de modelo jurídico e legal de gestão para uso e conservação do Sistema Integrado Aquífero Guarani/Serra Geral (SAIG/SG).

Meta 5 Componente 1 Educação Ambiental – M5C1: Prof. Dra. Lucia Ceccato de Lima.

Financiamento: Demanda Espontânea Fapesc n. 98/2015

 

Gerenciamento e descarte de resíduos de agrotóxicos e medicamentos agropecuários em área rural do Planalto Sul Catarinense

Este projeto tem por objetivo avaliar o gerenciamento e o descarte de resíduos de agrotóxicos e medicamentos agropecuários em área rural do planalto sul catarinense. O estudo está sendo desenvolvido em propriedades rurais, voltadas ao cultivo de maça à pecuária no município de São Joaquim. Três dissertações sobre a temática estão sendo desenvolvidas no Programa.

Coordenadora: Dra. Bruna Fernanda da Silva.

Financiamento: Fapesc n. 09/2015.

 

Avaliação de metais pesados em afluentes do Rio Canoas em área urbana de recarga do Aquífero Guarani

O presente estudo busca identificar locais de contaminação por metais pesados em área urbana de recarga do Aquífero Guarani em Lages, através da análise metais pesados no sedimento, água e bioacumulação na biomassa de invertebrados aquáticos.

Coordenadora: Dra. Ana Emilia Siegloch.

Financiamento: Demanda Espontânea Fapesc n. 98/2015, vinculado a Meta 2, componente 2 - qualidade das águas superficiais e subterrâneas, do projeto Rede Guarani/Serra Geral.

 

Terapias não residuais e integrativas para a saúde no ecossistema e assentamentos humanos rurais/urbanos

O projeto tem por objetivo diagnosticar as causas da baixa satisfação/saúde, bem como estudar referencias de conhecimento e/ou desenvolvimentos de tecnologias que possam assegurar mínimos riscos a saúde humano e de impacto desprezível ao meio ambiente. Será sistematizado etnoconhecimento com plantas medicinais para humanos e animais, desenvolvido a homeopatia integrativa aos sistemas vivos e levantamento de dados que tenham levado a pessoas/famílias optarem por recursos de baixa integridade na saúde biológica, ambiental e psicossocial.

Coordenador: Dr. Pedro Boff.

Financiamento: CNPq/FAPESC/Pronem



Fone: 49 3251.1000
E-MAIL: stricto@uniplaclages.edu.br
COORDENAÇÃO: Dra. Ana Emilia Siegloch
Fone: 55 49 32511022
Av. Castelo Branco, nº170, Bairro Universitário - Lages - SC - Brasil
© 2017 - Universidade do Planalto Catarinense, desenvolvido por: Al-Wi Tecnologia